Neyde Lantyer


︎ Artwork
︎ Projects
︎ Texts
︎ Media
︎ Bio 
︎ Contact



︎


“For most of history, Anonymous was a woman.” _Virginia Woolf

“The truth is, I often like women. I like their unconvetionality. I like their completeness. I like their anonimity.”  _Virginia Woolf




Canal FIBRA @ Youtube
Transmitido ao vivo em 28 de jun. de 2020



Fui moderadora, junto com o ator Carlos Lagoeiro (Teatro Munganga, Amsterdam), da live VOZES DE FIBRA sobre a luta da área da Cultura no Brasil. O programa foi produzido pelo Coletivo Amsterdam pela Democracia no Brasil e a Frente Internacional de Brasileiros contra o Golpe (FIBRA)


CULTURA E RESISTÊNCIA EM TEMPOS DE PANDEMIA E BOLSONARISMO


Ultrapassados 50 mil mortos, a pandemia avança veloz no Brasil, devastando as populações indígenas, quilombolas, ribeirinhas e favelizadas. O país está à deriva, sem ministro da Saúde e sem qualquer política de enfrentamento da crise. Um presidente genocida, semeador do ódio, ridiculariza o virus, desdenha dos mortos e incentiva a invasão de hospitais. A FIBRA e os brasileiros vivendo fora assistimos estarrecidos à essa trágica apoteose do ataque à democracia, à cultura e à vida no Brasil, desencadeado pelo golpe de 2016, que culminou com a eleição do fascista Jair Bolsonaro. Desde então está em curso uma guerra cultural cuja intenção é destruir a identidade e a memória brasileiras, nosso arcabouço cultural e as ricas manifestações da nossa diversidade.

Sofrendo ataques sistemáticos, a extinção da pasta e sucessivos vetos e cortes no orçamento, perseguições, suspensões de editais e censura, o setor da Cultura tem sido tambem duramente atingido pela pandemia. Diretamente dependente do público, da presença humana, da interação, do contato físico e da venda de ingressos, o setor vê todas as suas atividades paralisadas sem nenhuma previsão de retorno e sem qualquer política de amparo aos trabalhadores do setor. A Lei Aldir Blanc, criada por ativistas culturais e pelos partidos progressistas para prestar tal socorro, foi aprovada pela câmara e pelo senado e ainda aguarda sanção presidencial.

Neste domingo, 28/06, o Vozes de FIBRA conversa com Ana Lúcia Pardo, membro da Articulação Nacional da Lei Emergencial Aldir Blanc e com o artista e ativista Fernando Sato, sobre a resistência da Cultura contra o fascismo, a luta pela aprovação da Lei Aldir Blanc e a rede de solidariedade que vem ocupando todos os cantos do país. Fazendo jus à maravilhosa tradição junina brasileira, o programa contará com a participação especial da banda de pífanos Epifolias. A moderação será de Carlos Lagoeiro e Neyde Lantyer, do Coletivo Amsterdam.

FIBRA / Coletivo Amsterdam pela Democracia no Brasil
28/06
10h Brasília / 14h Lisboa / 15h Amsterdam

Convidados:

Fernando Sato (Jornalistas Livres) + Ana Lúcia Pardo (Ocupa MINC e Articulação Lei Aldir Blanc) + Epifolias (Banda de Pífanos)